São Paulo - região metropolitana
Tênis de corrida 19/06/2024

ASICS Gel-Cumulus 26 é tênis de treino de corrida que o ajuda a seguir planilha

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

ASICS Gel-Cumulus 26: foto após treino de 21k (Esportividade)

Em um passado não tão distante assim, não havia tanta diferenciação entre “tênis de treino” e “tênis de prova”. Grande parte das pessoas usava nas rodagens cotidianas o calçado que seria utilizado nos eventos de corrida. O ASICS Gel-Cumulus era um modelo muito adotado por corredores amadores em diversas condições ao longo de mais de duas décadas. Alguns ainda não fazem essa distinção, mas vários atletas já contam com aquele tênis específico para provas. A marca japonesa, entendendo essa movimento, apresentou o Gel-Cumulus 26 em 2024 ressaltando oferecer “mais conforto para os treinos diários”.

Recebi o ASICS Gel-Cumulus 26 antes mesmo de embarcar para a Europa, onde participei das maratonas de Viena, Copenhague e Luxemburgo em abril e maio de 2024, mas só pude testá-lo devidamente neste mês de junho de 2024. O “grande teste” foi um treino de meia maratona (21,097 km) no parque da Aclimação, na região central de São Paulo, em 13 de junho. Já nos primeiros quilômetros ficou evidente o caráter “treineiro” do Cumulus 26, o que o diferencia, por exemplo, do Novablast 4, que, embora não tenha placa de carbono, pode muito bem ser utilizado em provas também.

O Cumulus 26 não o leva a querer ser cada vez mais rápido, o que é uma ótima característica, visto que muitos treinadores recomendam hoje em dia que a maior parte dos treinos de corrida seja feita em ritmo leve ou moderado.

Na versão 26, o Cumulus apresenta 255 gramas (11 gramas mais leve do que a versão anterior) no modelo masculino (tamanho 40) e 220 gramas (9 gramas a menos que o 25) no feminino (tamanho 38). Essa redução tem muito a ver com o cabedal (parte que envolve cada pé), feito de Engineered Mesh, “um tecido mais leve e respirável que reduz a necessidade de sobreposições adicionais”.

Estabilidade é um dos pontos altos do Cumulus 26. Saí várias vezes à rua Muniz de Souza, ao lado do parque, em calçada esburacada, e mesmo assim não senti oscilação alguma. A experiência de corrida foi confortável e macia, mas poderia ter sido um pouco melhor caso a largura da seção dianteira fosse ligeiramente maior (para os meus pés, é claro, e outras pessoas podem não sentir o mesmo).

O Cumulus 26 merece, então, ser considerado pelos corredores em busca de um tênis “treineiro”, sem placa de carbono e com promessa de boa durabilidade.

Tênis são uma escolha pessoal; o escolhido por uma pessoa pode não ser bom para outra. Antes de optar por um modelo, você pode experimentá-lo em uma loja para tomar uma decisão mais assertiva.

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.